O terror de todo o norte

Zé Geraldo

Compositor: Zé Geraldo

Onde ele chega já não causa confusão
Hoje é gente bem um pacato cidadão
Quem o conheceu já não pode acreditar
Como uma pessoa pode assim se transformar
Ontem muita gente ele matou
Hoje a sua arma ele largou
Todo mundo sabe ele era bamba ele era forte
Ele era o terror de todo o norte
Mas ele era o terror de todo o norte
Pistoleiro sem igual mais de cem ele matou
Sem contar foi o número de bancos que assaltou
Quando ele chegava no cassino pra jogar
Todas as garotas o cercavam pra beijar
Pois não fazia conta de tostão
E além de tudo era bonitão
Uma delas não sabia que o cara era de morte
Se casou com o terror de todo o norte
E se casou com o terror de todo o norte
Hoje ele é feliz a sua paz ele encontrou
Aquela pequena sua vida transformou
Seus filhos todos grandes no seu rancho em União
Seu gado puro sangue é o melhor da região
Amigos ele sabe escolher
Ajuda todo mundo a viver
Todo mundo sabe que a lei tem mais um porte
Ele hoje é o homem bom de todo o norte
Mas ele hoje é o homem bom de todo o norte
Vocês que estão me ouvindo esta história vão contar
O amor quando é sincero tudo pode transformar
Bandidos que tem pedra no lugar do coração
Largam suas armas quando encontram uma paixão
Pois isto comigo aconteceu
Eu fui mais um bandido que morreu
Passei a ser feliz quando me desliguei da morte
Pois eu era o terror de todo o norte
Pois eu era o terror de todo o norte
Pois eu era o terror de todo o norte
Pois eu era o terror de todo o norte
Pois eu era o terror de todo o norte

©2003- 2018 lyrics.com.br · Aviso Legal · Política de Privacidade · Fale Conosco desenvolvido por Studio Sol Comunicação Digital