Eu Tô Caçando o Caminhão Que Eu Caí

Zé Geraldo

Compositor: Zé Geraldo

Eu tomei banho, passei perfume, fiquei todo cheiroso
Vesti meu terno de linho 120 todo garboso, chapéu panamá
Gumex no cabelo, aparei o pelo do nariz
Saí todo feliz pro meio da rua
Era a primeira vez que ía assistir um filme de mulher nua!
Parei na porta de um cine pornô, o segurança gritou
Documento?
Num tenho!
Não vai entrar!
Sou de maior!
Num sei!
Aí batemos boca, eu o empurrei, ele me empurrou, eu falei
Vai tomar!
Nun vô!
Vai se fúfú!
Ele não gostou, e falou como um cachorro e latiu
Vai caçar o caminhão que você caiu!

Eu tô caçando o caminhão que eu caí
Quando abri os olhos, eu estava aqui
No meio de uma multidão de sozinhos
Cada um com seu celular, no seu mundinho particular
O diabo de ladrão por todo lado
Tem ladrão na rua, no palácio e no senado

Quando a gente pensa que nem tudo está perdido
Aí vem S. Exa. com habeas corpus prá bandido
Eu vou irritar vocês! Eu tô decepcionado!

Eu tô perdido, indo e vindo por aí
Eu tô caçando o caminhão que eu caí!
Eu tô perdido, indo e vindo por aí
Eu tô caçando o caminhão que eu caí!

De um lado o Papa Chico, uma lição nos seus sermões
E a reforma trabalhista sendo feita por ladrões?
E eu de paraquedas nesse circo de horror
Tem estudante agredindo professor
Tem deputado homenageando o procurador
Tão querendo dar ração prá molecada
Uma mala com 500 mil não é prova, não é nada?
Alô Doutor! 500 mil? É muito pouco?
Isso é troco!
Dos 51 milhões do AP em Salvador!

Como dizia o mestre, Itamar Assunção
Todo mundo vai onde a Vai-Vai vai, meu irmão!

©2003- 2018 lyrics.com.br · Aviso Legal · Política de Privacidade · Fale Conosco desenvolvido por Studio Sol Comunicação Digital